Santa Catarina deve implantar novo modelo de placas até dezembro

Todos os estados no Brasil deverão implantar o novo modelo até o dia 1º de dezembro de 2018. Porém a mudança não é obrigatória para todos. Em Santa Catarina o novo modelo ainda não está disponível.

A troca inicia pelos veículos zero quilômetro a serem registrados (1ª licença), por aqueles em processo de transferência de jurisdição, de município ou propriedade. Quem quiser também pode fazer a mudança voluntariamente. Placas danificadas e troca de categoria do veículo também recebem o modelo Mercosul.

Segundo as resoluções 729 e 733 do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) a nova placa vai dar maior segurança para os proprietários de veículos, evitando a possibilidade de clonagem. O novo modelo terá código único e conterá todos os dados de confecção da placa, desde a identificação do fornecedor até o número, data e ano e modelo de fabricação do carro, além de permitir a rastreabilidade dela. O valor de fabricação da placa é o mesmo do modelo antigo (R$ 219,35).

A rastreabilidade do veículo será possível por meio de um aplicativo que o Denatran vai disponibilizar gratuitamente para as polícias até o fim de setembro. O novo aplicativo vai conferir ainda mais segurança aos usuários e vai estar acessível nas plataformas IOS e Android.

Outra necessidade para a implantação do novo modelo da placa é a proximidade do fim da combinação alfanumérica. Se a placa mantivesse a atual combinação (três letras e quatro números), nos próximos dois anos, não existiria mais novas sequências para contemplar toda a frota do país.

Categoria: Carros

Categoria: Motocicletas

Informações: Detran/RJ

A vantagem de se contratar um sistema mensalmente

A vantagem de se contratar um sistema mensalmente

Independentemente do segmento de atuação da empresa, quase sempre é possível encontrar soluções em software para gestão dos negócios geralmente em dois modelos: Pagamento Único e Assinatura Mensal. Neste texto vamos pontuar algumas características e diferenças dos dois modelos e indicamos porque contratar um sistema mensalmente costuma ser a melhor opção.

Características

 

Pagamento Único

Nesta modalidade, compra-se o direito vitalício da utilização do sistema como está. Geralmente sem suporte e sem a possibilidade de receber as atualizações do sistema. Este modelo não significa necessariamente que o valor do software é mais barato que a modalidade de assinatura mensal. Alguns softwares para necessidades muito específicas podem ser comprados nesta modalidade a preços extremamente altos.

Indicação: O pagamento único é indicado para os casos onde o segmento de atuação da empresa (ou de utilização do software) não esteja sujeito a modificações de ordem regulatória, legislativa ou fiscal.

Assinatura Mensal

Neste modelo, paga-se pelo direito de utilização de um software ou plataforma mensalmente, incluindo o acesso ao suporte e às atualizações do programa para que este esteja sempre em acordo com as necessidades do segmento. Softwares de gestão comercial ou empresarial, principalmente com funcionalidades relacionadas às considerações fiscais podem se beneficiar deste modelo.

Indicação: O modelo de assinatura mensal é uma boa opção para aplicativos de gestão empresarial de qualquer natureza, uma vez que os recursos são desenvolvidos para acompanhar as necessidades legais, fiscais ou regulatórias do segmento, bem como promove, através das atualizações, melhorias que podem estar associadas ao ganho de competitividade (seja pela oferta de opções estratégicas ou diminuição dos custos operacionais) para a empresa.

Desvantagens

 

Pagamento Único

Sistemas desenvolvidos sob o modelo de negócios de pagamento único devem levar em consideração o tamanho do mercado e qual fatia deste mercado o sistema pode atender. Não é incomum ouvir a história de alguém que comprou um sistema e depois de um tempo não era mais possível encontrar o programador que havia desenvolvido. Isso porque, quando um sistema não considera essas questões, ele está fadado a chegar no limite de faturamento disponível e por fim deixar de ser uma solução viável.

A alternativa que muitos sistemas de pagamento único encontram pra isso é oferecer em paralelo uma opção assinada onde o cliente pode contratar mensalmente um pacote de serviços de suporte e atualizações ou cobrar pelas atualizações pontuais. Se não avaliado corretamente, pode-se gastar mais dinheiro neste modelo do que no modelo de assinatura mensal puro.

Assinatura Mensal

Contratar mensalmente um software sem perspectiva de atualização (como por exemplo um editor de textos, planilha de cálculo ou sistema de ordem de serviço) pode ser tolice, uma vez que se espera que esses programas sejam pouco atualizados. É claro que para que se determine o real valor de cada opção é necessário fazer as contas do que se estima gastar ao longo de períodos mais longos.

O modelo Simples Veículo

Desenvolvemos uma plataforma extremamente eficiente para gestão de revendas de automóveis. Com o objetivo de minimizar o esforço operacional enquanto maximiza os resultados alcançados.

Nosso sistema utiliza-se de uma plataforma web de extrema facilidade de utilização e possui integração com portais de vendas com os portais Meucarronovo, OLX e ICarros, além, é claro, da capacidade de emissão de notas fiscais eletrônicas.

Devido à demanda de nossos clientes por uma plataforma constantemente atualizada, capaz de operar de acordo com as necessidades fiscais do segmento (que demandam por atualizações periódica), nosso modelo oferecido aos nossos clientes é assinatura mensal.

Conheça algumas das vantagens oferecidas aos nossos clientes:

  • Sistema e site integrados: Menos trabalho desnecessário significa mais tempo para as vendas.
  • Contratos e procurações em poucos cliques: Maior eficiência da equipe.
  • Vendas: Todo o processo de maneira simples.
  • Integração com Portais: Meucarronovo, OLX e iCarros.
  • Nota Fiscal Eletrônica: Sistema constantemente atualizado.
  • Teste antes de pagar: Teste gratuitamente por 15 dias

Conclusão

Tanto o modelo de pagamento único quanto o sistema de assinatura mensal têm suas vantagens e desvantagens, contudo, de acordo com o segmento de atuação da empresa, a escolha por um ou outro modelo de contratação fica mais clara.

Para soluções destinadas a setores competitivos e com demandas legais e fiscais como o de revenda de automóveis, definitivamente o modelo de assinatura mensal é certamente a melhor escolha. Por estamos alinhados com as necessidades de nossos clientes optamos justamente por este modelo de negócios, para que nossos clientes possam focar em seu core business enquanto nós trabalhamos na solução tecnológica.

[Teste agora nosso sistema para loja de veículos GRATUITAMENTE]

 

 

Sua empresa precisa ter um site; saiba o motivo!

Sua revenda de automóveis precisa de um site

A sua relutância em ter um site para a empresa pode estar atrasando seus negócios. Em primeiro lugar, isso acontece porque o site ajuda a trazer credibilidade para a sua marca. Se você reparar bem, é praticamente encontrar uma marca de sucesso que não possua uma página própria. Esta é, com certeza, uma das primeiras coisas que seus clientes e possíveis clientes procurarão sobre você na internet.

O site pode ter diferentes funcionalidades para a sua empresa. Além de ser um canal utilizável para vendas, por exemplo, ele pode ser utilizado para a captação de clientes. Além de sua empresa passar a ser melhor ranqueada no Google (aparecer nas primeiras páginas quando alguém pesquisar algo relacionado ao seu trabalho), uma página própria traz uma imagem profissional e de autoridade.

Tão fundamental quanto o site é uma boa presença nas redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter e outras), mas é importante que você entenda que uma coisa não exclui a outra. Ter um site continua sendo uma das principais formas de fazer com que seu cliente chegue até você.

Por isso, não fique para trás. Lembrando que a Simples Veículo pode te ajudar nesta missão. Nós possuímos uma plataforma que prepara o site para sua revenda de veículos. Se interessou? Saiba como ter seu site próprio clicando aqui. Até a próxima!

Placas de carros brasileiros entram no padrão Mercosul a partir de setembro

Quem costuma viajar por estradas brasileiras – principalmente no Sul do país – vez ou outra encontra com veículos argentinos e uruguaios. Os mais atentos já devem ter notado que as placas destes carros seguem um padrão: o do Mercosul. A partir de setembro deste ano, os veículos brasileiros também deverão adotar placas com este padrão.

Apesar de caber a cada órgão de trânsito estadual decidir a data que as novas placas devem ser utilizadas, todos os Detrans do Brasil deverão fornecer o objeto para automóveis novos a partir do dia 1 de setembro. Além dos veículos novos, os automóveis que passarem por transferência de município ou propriedade também terão as placas substituídas.

Para os carros usados, o prazo final para a troca das placas é o dia 31 de dezembro de 2023. O custo estimado para a troca de placas gira entre R$ 120 e R$ 200.

Padrão Mercosul

O modelo padrão do Mercosul é semelhante às placas usadas na Europa. A placa terá um fundo branco e uma faixa azul na parte superior. No centro da faixa estará o país de origem (no caso, Brasil), na lateral esquerda da faixa a bandeira do Mercosul, e à direita a bandeira do Brasil.

A placa também passa a ter quatro letras e três números, dispostos de forma aleatória, sendo que o último caractere da placa será sempre numérico. A escrita continua sendo em alto relevo e refletiva.

Cor das letras

As cores também mudam neste novo padrão. A partir de setembro, as cores pretas designam veículos comuns; as verdes são reservadas aos veículos em teste; as vermelhas, para comerciais; azuis para os carros oficiais; a dourada para os carros diplomáticos; e por fim, a cinza para carros de coleção.

Gostou das dicas? Fique atento ao blog da Simples Veículo para saber mais sobre seu assunto preferido!

Como funciona o WhatsApp Business

No último mês o Brasil recebeu o lançamento do aplicativo WhatsApp Business. Diferente do que já conhecíamos, esta versão do produto é voltada apenas a pequenas e médias empresas, e não para conversas privadas. Através dos recursos oferecidos pelo app, os empresários poderão entrar em contato com os clientes através do smartphone. Por enquanto, o aplicativo está disponível apenas para o sistema Android.

Mensagens

Assim como os já conhecido Slack e Telegram, através do WhatsApp Business o empreendedor consegue configurar alguns atalhos e criar mensagens personalizadas que serão entregues aos clientes automaticamente.

Perfil

O aplicativo também permite que a empresa configure um perfil próprio, que funciona como uma espécie de cartão de visita. Nele, é possível adicionar informações como endereço, horário de atendimento, e-mail e site oficial.

Métricas

O WhatsApp Business permite a mensuração do uso da conta corporativa. Através das estatísticas é possível mensurar mensagens enviadas, entregues, lidas e recebidas.

Etiquetas

A função das etiquetas é simples e funcional. Ela serve basicamente para que o empresário utilize uma espécie de marcadores com os clientes. Por exemplo, agora é possível marcar o cliente como “novo cliente”, “pagamento pendente” ou “pago”.

Gostou das dicas? Fique atento ao blog da Simples Veículo para saber mais sobre seu assunto preferido!