A vantagem de se contratar um sistema mensalmente

A vantagem de se contratar um sistema mensalmente

Independentemente do segmento de atuação da empresa, quase sempre é possível encontrar soluções em software para gestão dos negócios geralmente em dois modelos: Pagamento Único e Assinatura Mensal. Neste texto vamos pontuar algumas características e diferenças dos dois modelos e indicamos porque contratar um sistema mensalmente costuma ser a melhor opção.

Características

 

Pagamento Único

Nesta modalidade, compra-se o direito vitalício da utilização do sistema como está. Geralmente sem suporte e sem a possibilidade de receber as atualizações do sistema. Este modelo não significa necessariamente que o valor do software é mais barato que a modalidade de assinatura mensal. Alguns softwares para necessidades muito específicas podem ser comprados nesta modalidade a preços extremamente altos.

Indicação: O pagamento único é indicado para os casos onde o segmento de atuação da empresa (ou de utilização do software) não esteja sujeito a modificações de ordem regulatória, legislativa ou fiscal.

Assinatura Mensal

Neste modelo, paga-se pelo direito de utilização de um software ou plataforma mensalmente, incluindo o acesso ao suporte e às atualizações do programa para que este esteja sempre em acordo com as necessidades do segmento. Softwares de gestão comercial ou empresarial, principalmente com funcionalidades relacionadas às considerações fiscais podem se beneficiar deste modelo.

Indicação: O modelo de assinatura mensal é uma boa opção para aplicativos de gestão empresarial de qualquer natureza, uma vez que os recursos são desenvolvidos para acompanhar as necessidades legais, fiscais ou regulatórias do segmento, bem como promove, através das atualizações, melhorias que podem estar associadas ao ganho de competitividade (seja pela oferta de opções estratégicas ou diminuição dos custos operacionais) para a empresa.

Desvantagens

 

Pagamento Único

Sistemas desenvolvidos sob o modelo de negócios de pagamento único devem levar em consideração o tamanho do mercado e qual fatia deste mercado o sistema pode atender. Não é incomum ouvir a história de alguém que comprou um sistema e depois de um tempo não era mais possível encontrar o programador que havia desenvolvido. Isso porque, quando um sistema não considera essas questões, ele está fadado a chegar no limite de faturamento disponível e por fim deixar de ser uma solução viável.

A alternativa que muitos sistemas de pagamento único encontram pra isso é oferecer em paralelo uma opção assinada onde o cliente pode contratar mensalmente um pacote de serviços de suporte e atualizações ou cobrar pelas atualizações pontuais. Se não avaliado corretamente, pode-se gastar mais dinheiro neste modelo do que no modelo de assinatura mensal puro.

Assinatura Mensal

Contratar mensalmente um software sem perspectiva de atualização (como por exemplo um editor de textos, planilha de cálculo ou sistema de ordem de serviço) pode ser tolice, uma vez que se espera que esses programas sejam pouco atualizados. É claro que para que se determine o real valor de cada opção é necessário fazer as contas do que se estima gastar ao longo de períodos mais longos.

O modelo Simples Veículo

Desenvolvemos uma plataforma extremamente eficiente para gestão de revendas de automóveis. Com o objetivo de minimizar o esforço operacional enquanto maximiza os resultados alcançados.

Nosso sistema utiliza-se de uma plataforma web de extrema facilidade de utilização e possui integração com portais de vendas com os portais Meucarronovo, OLX e ICarros, além, é claro, da capacidade de emissão de notas fiscais eletrônicas.

Devido à demanda de nossos clientes por uma plataforma constantemente atualizada, capaz de operar de acordo com as necessidades fiscais do segmento (que demandam por atualizações periódica), nosso modelo oferecido aos nossos clientes é assinatura mensal.

Conheça algumas das vantagens oferecidas aos nossos clientes:

  • Sistema e site integrados: Menos trabalho desnecessário significa mais tempo para as vendas.
  • Contratos e procurações em poucos cliques: Maior eficiência da equipe.
  • Vendas: Todo o processo de maneira simples.
  • Integração com Portais: Meucarronovo, OLX e iCarros.
  • Nota Fiscal Eletrônica: Sistema constantemente atualizado.
  • Teste antes de pagar: Teste gratuitamente por 15 dias

Conclusão

Tanto o modelo de pagamento único quanto o sistema de assinatura mensal têm suas vantagens e desvantagens, contudo, de acordo com o segmento de atuação da empresa, a escolha por um ou outro modelo de contratação fica mais clara.

Para soluções destinadas a setores competitivos e com demandas legais e fiscais como o de revenda de automóveis, definitivamente o modelo de assinatura mensal é certamente a melhor escolha. Por estamos alinhados com as necessidades de nossos clientes optamos justamente por este modelo de negócios, para que nossos clientes possam focar em seu core business enquanto nós trabalhamos na solução tecnológica.

[Teste agora nosso sistema para loja de veículos GRATUITAMENTE]

 

 

Confira 4 dicas para vender carros pela internet

 

Anúncios na internet são uma das maneiras mais escolhidas atualmente para a venda de veículos usados. Com a crescente popularização de aparelhos smartphones e a facilidade de acesso à internet, vendedores encontram no online uma forma de chegar a seus consumidores sem que eles precisem se deslocar até a revenda de carros.

Existem, no entanto, algumas regras para conseguir chamar atenção deste comprador para sua venda. Confira 4 delas:

1 – Anúncios com fotos

Essa é uma dica que já abordamos aqui no blog da Simples Veículo antes: os anúncios dos veículos devem sempre ter fotos! Segundo a OLX, isso aumenta as chances de venda em até 110%. Não se esqueça de usar fotos reais do carro, para que o comprador tenha a ideia do real estado do veículo. O número ideal de fotos a serem usadas no anúncio deve estar entre 3 e 6 fotos.

Clique aqui e confira outras dicas sobre fotografias em anúncios.

2 – Número de detalhes do anúncio

O comprador pode perder o interesse no veículo dependendo dos detalhes anunciados. Você não pode nem deixar a desejar, nem exagerar no detalhamento. O ideal é que a descrição do carro tenha entre 100 e 150 caracteres: esse é o número usado por anúncios que mais convertem em vendas.

Tente ser o mais claro e objetivo possível e informar os opcionais e acessórios que não vêm de fábrica. Lembrando da regra de ser transparente com o consumidor online, procure informar sobre os riscos ou amassados que o veículo possa ter.

3 – Preço justo

Nem sempre o preço justo por um carro é aquele que você gostaria, mas não se esqueça que preços que não estejam de acordo com a realidade praticada pelo mercado de vendas pode afugentar potenciais compradores. Procure usar como referência a tabela Fipe, baseando-se ainda por características particulares do carro e outras ofertas de modelos similares.

4 – Atenda os possíveis compradores rapidamente

O atendimento é um dos fatores mais importantes no momento da venda. Como já dissemos no início deste post, o número de potenciais compradores que estão online é muito alto hoje em dia. Por isso, você também deve estar disponível nas plataformas online para garantir que atenderá os interessados de forma rápida e consistente.

Normalmente, o comprador tende a entrar em contato com diversos vendedores ao mesmo tempo. A sua rápida resposta pode ser determinante para uma venda de sucesso!

Gostou das dicas? Fique atento ao blog da Simples Veículo para saber mais sobre seu assunto preferido!

5 dicas para melhorar o atendimento de sua revenda de veículos via WhatsApp

O WhatsApp já é utilizado por mais de 1 bilhão de pessoas em todo o mundo. Com a facilidade de contato, muitos consumidores preferem conversar com o vendedor através do aplicativo. Algumas empresas, inclusive, já escolheram vender seus produtos exclusivamente através do aplicativo. Veja 5 dicas de como melhorar o atendimento no WhatsApp para não ficar de fora:

1. Seja profissional

Seu perfil no WhatsApp será uma extensão de seu atendimento ao vivo. Por isso, algumas regras do setor de venda continuam valendo por aqui: lembre-se de dar bom dia ou boa tarde ao cliente antes de iniciar a conversa e também termine a conversa de forma cordial, agradecendo a atenção do consumidor.

Lembre-se: o cliente quer saber do seu produto, e não da sua vida. Por isso tenha um perfil no WhatsApp separado apenas para contatos profissionais. Recomenda-se utilizar um número de telefone da empresa. O perfil do vendedor deve ser utilizado apenas para interações pessoais.

2. Horário de atendimento

Apesar de parecer mais informal, o contato via WhatsApp também deve ser feito em determinados horários. O cliente não ficará contente em receber mensagens durante a madrugada, por exemplo.

Além disso, o tiro pode sair pela culatra. O cliente pode ler a mensagem às 22 horas e decidir responder apenas no dia seguinte. Se ele esquecer de fazer o contato com o vendedor, a compra pode ser simplesmente perdida. Procure entrar em contato em período comercial, das 6 horas às 20 horas, por exemplo.

3. Português correto traz segurança ao negócio

O tratamento com o cliente via WhatApp deve ser feito de forma mais pessoal e descontraída, uma vez que mensagens impessoais ou até mesmo robotizadas podem ser indesejadas pelo consumidor. Isso não quer dizer, no entanto, que o português não deva ser utilizado da maneira correta. Cuidado com o famoso corretor, que pode dar um novo sentido à frase e te deixar em uma situação constrangedora. Sempre revise o texto antes de apertar o “enviar”.

4. Foto de perfil

A foto de seu perfil deve transmitir profissionalismo. Escolha a logo da empresa ou algo que simbolize bem seu negócio. No caso de revendas de veículos, use a foto de um carro, por exemplo. O perfil profissional do WhatsApp deve servir apenas para isso. Fotos pessoais, como você bebendo com seus amigos, deve ser utilizada apenas em seu próprio WhatsApp.

5. Economize nas mensagens

Tente sempre juntar as mensagens e enviar um texto só. Isso evita que o cliente fique insatisfeito com o celular apitando várias vezes, sem parar, porque você enviou várias mensagens para dizer apenas uma coisa.

Gostou das dicas? Fique atento ao blog da Simples Veículo para saber mais sobre seu assunto preferido!

Usar ou não usar a marca d’água em minhas fotos?

Você já deve ter notado que diversos sites de venda costumam utilizar as famosas marcas d’água nas fotos de seus produtos. Essas marcas são, basicamente, uma forma de identificar que aquele produto está sendo vendido por você através de um logotipo inserido na imagem.Caso você esteja se perguntando se é necessário usar uma marca destas nas fotografias de seu site, a resposta é: sim.

Em uma postagem anterior, demos as dicas sobre a importância de uma boa fotografia para chamar a atenção dos clientes para seus veículos. Elas ajudam a chamar a atenção e são a vitrine de sua loja na internet – um dos meios mais utilizados pelos clientes atualmente.

Se você já estiver seguindo esta dica, é interessante passar a inserir a marca d’água com o nome da sua revenda na imagem, para que os concorrentes não se aproveitem de suas fotos. Além de garantir que as fotos serão usadas apenas por você, a marca d’água também ajuda a demonstrar profissionalismo e associar os produtos ao seu negócio.

Você deve apenas ter o cuidado especial de não cobrir o carro ou os detalhes do veículo com a marca. Afinal de contas, o cliente precisa visualizar o produto da melhor forma possível. O melhor local para posicionar sua logo é no canto inferior direito da fotografia. Não se esqueça de aplicar a transparência e pronto!

Exemplo de marca d’água. Foto: Divulgação.
Gostou das dicas? Fique atento ao blog da Simples Veículo para saber mais sobre seu assunto preferido!

A fotografia faz a diferença na sua venda de veículos

Imagine a seguinte situação: alguém quer comprar um carro e entra na internet para dar uma olhada nas opções disponíveis. Essa pessoa acaba encontrando o veículo que deseja, e o preço está dentro do orçamento previsto, mas ao se deparar com as fotos, acaba achando que aquele carro está pouco cuidado para o preço que estão pedindo no anúncio. O consumidor parte para outro site e as chances de comprar o seu carro diminuíram.

A cena não é incomum, e por isso o vendedor deve estar atento às fotografias que disponibiliza no site. A melhor parte é que, seguindo algumas dicas, é possível melhorar consideravelmente a qualidade de suas fotos. Confira algumas delas!

LIMPEZA

Em primeiro lugar, esteja atento à arrumação do carro. Um veículo sem sujeiras se torna mais atraente ao cliente. Além disso, procure tirar toda a poeira da lataria e até mesmo da parte interna. Dependendo da iluminação (próxima dica), a fotografia mostrará que o carro está empoeirado. Não se esqueça: a foto é um dos principais pontos de sua propaganda.

Foto: Divulgação

 

ILUMINAÇÃO

As fotografias ficarão muito melhores se você escolher a iluminação certa. Fotógrafos profissionais preferem alguns horários do dia para trabalhar, exatamente por conta deste detalhe. Procure fotografar os veículos em um local claro, de preferência das 9 às 11 horas e das 14 às 16 horas. Tente evitar, também, tirar as fotos contra a luz.

Foto: Divulgação

Uma dica extra: se você quer aquele toque diferenciado, os carros ficam bonitos na foto se você fizer a imagem em um ambiente externo, um pouco antes de amanhecer completamente ou alguns minutos depois do pôr do sol. Nestes caso, procure usar um tripé.

 

REFLEXOS

Procure ambientes neutros para fotografar seu veículo. Caso nossa primeira dica seja seguida corretamente, o carro vai ficar brilhante e o reflexo na lataria pode captar o que está em volta – inclusive você! O tripé pode ser útil neste caso: escolha o ângulo desejado da foto e acione o timer da câmera. Assim você não aparecerá no reflexo.

 

FOTOGRAFE TUDO

Mostre ao cliente, através de imagens, todas as informações importantes do carro. Motor, quilometragem, volante e conservação. Fotografe também os extras, como rádio, GPS e ar condicionado.

Foto: Vinícius Alexandre R. Fabrício

Não se esqueça de mostrar os defeitos do veículo. O cliente vai descobrir isso de qualquer jeito, quando for ver o carro de perto. Se você mostrá-los antes, vai afastar a ideia de que tentou enganá-lo.

 

Gostou das dicas? Fique atento ao blog da Simples Veículo para saber mais sobre seu assunto preferido!